quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Viagem a Madrid: Dia 3

Como o terceiro dia do nosso city break em Madrid coincidiu com um domingo impunha-se obrigatoriamente uma visita ao Mercado El Rastro de Madrid, que com as suas 3500 tendinhas é o maior flea market (mercado ao ar livre) de Espanha e um dos maiores da Europa. O El Rastro teve origem por volta do ano 1740 e tem lugar todos os domingos e feriados na Calle de la Ribera de Curtidores (e arredores) desde as 09h00 até às 15h00. Assim sendo, saímos por volta das 10h do hotel, apanhamos o metro na estação Gran Via e seguimos na linha verde até à estação Puerta de Toledo. Mal saímos da estação vimos a Puerta de Toledo, que era uma das portas de entrada na Madrid medieval. Depois passados uns metros já víamos as primeiras tendinhas e mares de gente a frequentar o El Rastro. Percorremos o mercado, almoçamos por lá, compramos alguns recuerdos e fizemos o caminho até à estação de metro Puerta de Toledo para irmos para o hotel, pois o calor já se fazia sentir bastante.

Puerta de Toledo
Mercado El Rastro
Da parte da tarde não tínhamos nenhuma visita planeada, ou seja, a tarde estava reservada para andarmos tranquilamente e sem compromisso pela ruas da cidade. Saímos do hotel às 17h00 e fomos tal como na tarde do segundo dia à Plaza Mayor e à Puerta del Sol e depois andamos também por umas ruas menos movimentadas e passado umas duas horas de termos saído do hotel estávamos de novo na Gran Vía, em frente ao imponente edifício da Telefónica.

Edifício Telefónica
Fomos novamente para o hotel e às 21h fomos jantar um kebab numa esplanada perto da Puerta del Sol. Decidimos então ver como ficava a Plaza Mayor e a Puerta del Sol à noite. A Plaza Mayor apresentava muito movimento derivado ainda pelos inúmeros restaurantes presentes naquela praça, enquanto que a Puerta del Sol estava cheia de pessoas-estátua. Com o passar dos dias em Madrid fomos verificando que independentemente da hora, esta é uma cidade que tem sempre gente a andar nas ruas.

Puerta del Sol, à noite
Movimento M15 na Puerta del Sol
Curiosamente, este dia foi o último em que se pode ver o acampamento dos indignados do movimento M15 na Puerta del Sol, já que na manhã do dia seguinte já não havia rasto de nada devido ao facto de a polícia os ter expulsado de lá.

2 comentários:

  1. Uau, que imagens lindas!!! Que passeio de não se cansar!!!
    O melhor, as imagens são diferentes dos pontos turísticos mais comuns. Quero dizer são inéditas. E ler seu artigo é viajar junto.
    Parabéns!!

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pelo comentário. De facto foi um belo passeio :)

    Cumprimentos

    ResponderEliminar