sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Viagem a Barcelona: Dia 1

Às 6:35 da manhã de um sábado de janeiro de 2012, levantamos voo do aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, com destino ao aeroporto de Barcelona, o El Prat, pela companhia aérea low cost Ryanair. O bilhete de avião tinha ficado por 44,48€, ide e volta, por pessoa. A viagem foi muito tranquila e demorou cerca de 1h45min. No próprio aeroporto adquirimos o T-10, um passe de 10 viagens de comboio/autocarro/metro (que pode ser utilizado por várias pessoas), por 9,25€ e entramos no comboio acabado de chegar (existe um comboio a cada 30 minutos) rumo à estação Sants Estació, onde apanhamos o metro até à estação Jaume I, que ficava em frente ao nosso hotel, o H10 Montcada, de 4 estrelas e em pleno Bairro Gótico.

Hotel H10 Montcada, visto da estação de metro Jaume I
Tratadas as burocracias habituais e com as malas já entregues, fomos a pé e de baixo de uma chuva miudinha em direcção ao Mercado La Boqueria, atravessando parte do Bairro Gótico. Almoçamos num McDonalds que ficava ao pé da Plaça da Catalunya e foi muito engraçado verificar que neste McDonalds estava muita gente que veio connosco no avião. Relativamente aos preços praticados, os preços do McDonalds em Barcelona são ligeiramente mais caros que em Portugal, mas nada de muito significativo.
Prosseguimos para a Plaça da Catalunya, onde, entre outras coisas, fomos à Fnac comprar bilhetes para um concerto dos Arctic Monkeys (grupo inglês de indie rock) a realizar-se nesse dia no Palau Sant Jordi, em Montjuic. Findo isto, fizemos o percurso inverso até ao hotel, onde fomos brindados com um copo de cava (que dizem ser uma bebida típica de Barcelona, mas que nos pareceu ser a mesma coisa que champagne) e decidimos descansar durante uma hora e pouco.

Palau de la Generalitat, na Plaça de Sant Jaume
Mercado La Boqueria
La Rambla
Plaça da Catalunya
Quando saímos do hotel estava a decorrer uma grande manifestação contra o encerramento de um hospital, mas a boa notícia era que tinha acabado de chover. Apanhamos o metro em direcção à Plaça de Espanya e aproveitamos para jantar no Centro Comercial Las Arenas, que era uma antiga praça de touros. Seguimos com intenção de estar às 19h em ponto à frente da Font Màgica, para assistir ao badalado espetáculo de som e luzes, no entanto a fonte estava, infelizmente, em obras de melhoramento. Da Plaça de Espanya apanhamos um pouco por acaso um autocarro especial para levar as pessoas atá ao ao sítio do concerto, o Palau Sant Jordi (que, diga-se, ficava mesmo ali ao lado).

Catedral de Santa Eulália de Barcelona, vista da Via Laietana


Protestos na Via Laietana (rua do nosso hotel)
Centro Comercial Arenas, na Plaça de Espanya
Longa fila para entrar no Palau Sant Jordi
Arctic Monkeys no Palau Sant Jordi

Assistimos ao brutal concerto de duas horas dos Arctic Monkeys, que também teve a participação do Miles Kane, e quando terminou fomos atrás da multidão ("go with the flow") montanha a baixo em direcção à Plaça de Espanya, onde apanhamos o metro até ao hotel para ir dormir.

1 comentário:

  1. ola, relativamente aos sitios para tomar pequeno-almoço, almoço e jantar... o que aconselhas, quais os melhores sitios e mais baratos??

    ResponderEliminar